Nova Cartografia Social Da Amazônia

Breve histórico do “patriarca” Francisco Guerra Samias – Falecido em 20/03/2015

1

 

Natural de Tabatinga-AM, nascido em 15/07/1954, filho de Antônio Januário Samias e de Alicia Helena Guerra.

 Aos 18 anos de idade, deu-se a iniciativa na educação escolar do povo kokama, juntamente com seu primo Guilherme Padilha Samias, que foram os primeiros professores da Comunidade de Sapotal.

Foi fundador de todas as primeiras e maiorias das entidades civis indígena kokama. A primeira entidade kokama organizada no Brasil foi a ORGANIZAÇÃO GERAL DOS CACIQUES DAS COMUNIDADES INDÍGENA DO POVO KOCAMA. Em seguida fundou a AMIKCT (Associação dos Moradores Indígenas Kokama da Cidade de Tabatinga), que quando ficou doente a associação foi assumida por pessoas não-kokamas e até hoje estão em parceria com a FUNAI e deixando os verdadeiros Kokamas de lado. Para corrigir o erro fundou a entidade civil indígena que foi a PTKRKTT – ASSOCIAÇÃO INDIGENA DOS CACIQUES DO POVO KOKAMA DO MUNICIPIO DE TABATINGA-AM. Em tempos recentes fundou a Associação kokama na Comunidade Terra da Paz situado nas margens do Rio Takana, Ewaré I, sendo Terra demarcada aos indígenas.Seu maior sonho era que os povos Kokamas tivessem seus direitos respeitados (produção de livros, educação, jogos esportivo cultural kokama, saúde, habitação cultural, casa cultural em Tabatinga, etc.) e bem como a fundação da FEDERACAO INDIGENA DO POVO KOKAMA (INTERNACIONAL), da qual já deixou a Comissão Organizadora de fundação da Federação organizada e com a minuta do Estatuto pronto. A FEDERAÇÃO DO POVO KOKAMA congregará, orientará, desenvolverá e conservará a cultura milenar do povo Kokama, respeitando os conhecimentos do nosso principal líder e Patriarca Cacique Maior FRANCISCO GUERRA SAMIAS.

A luta do movimento kokama recomeçou com o Patriarca Antonio Januario Samias, na comunidade de Sapotal, que teve a coragem de tirar os Kokamas do esquecimento governamental. E em seguida passou o cargo de patriarca para seu filho Francisco Guerra Samias. E os trabalhos foram árduo, lutando pelo reconhecimento da demarcação de terras kokamas, buscou os anciãos falantes da língua materna kokama, navegando nos rios acima e abaixo do alto Solimões/ Amazonas, obviamente percorreu nos 3 países (Brasil-Peru-Colômbia) para saber mais sobre a nossa cultura kokama milenar. E no dia ‎07 de ‎dezembro de ‎2014, ‏‎as 10:45:02, o patriarca Francisco Guerra Samias, indicou seu sucessor, o Patriarca EDNEY DA CUNHA SAMIAS, que a partir de então irá juntamente com as demais líderes kokamas verdadeiros, assumir a luta e corrigir os erros passados e atuais, daqueles que estão prejudicando os direitos de nosso povo kokama.

 

DEPOIMENTOS DE FAMILIARES E LIDERANÇAS.

 

“Pai, Francisco Guerra Samias, você foi um grande guerreiro, batalhou pelo seu povo, pelo juramento feito perante seu próprio pai para prosseguir o mesmo trabalho, conforme os últimos dias de seu pai Antônio Januário Samias (Patriarca do Povo Kokama). A luta de nosso pai foi incansável, enfrentando as crises de fome, de doenças e de todas as dificuldades da vida, sem apoio governamental e não-governamental, mas nunca abandonou seu povo Kokama. Nosso pai é um herói”. Depoimentos dos filhos.

 

“A mais bela e marcante herança que um pai pode deixar a seu filho é a construção do caráter e os passos a serem seguidos. Pai obrigado por ser essa pessoa que o senhor sempre foi, um herói e um grande guerreiro. Francisco Guerra Samias, um grande guerreiro kokama, meu grande herói, jamais o seu trabalho será esquecido e nenhum esforço que o senhor fez será em vão.” Depoimento de, Ornan Garcia Samias, 4º filho de Francisco Guerra Samias.

 

“Sofrimento pela perda, vai fazer muita falta a presença de meu tio Francisco Guerra Samias, ele foi um grande pai, um grande líder e um grande mestre, mas que um pai”. Depoimento de Jessica Samias Acho, sobrinha de Francisco Guerra Samias.

 

“Não consigo acreditar que meu maior líder e mestre kokama, o Patriarca Francisco Guerra Samias, passou para o plano espiritual, fez a grande travessia, pois neste plano terreno ainda tinha muito a nos ensinar, mas acredito que no plano espiritual irá dar mais força e agora a luta será outra e maior. Pois agora ele vai somar na luta espiritual junto com meus ancestrais e com as bênçãos de Deus vamos alcançar as profecias de nossos antepassados. A luta não será em vão. Lutarei sem medo de nada para alcançar os ideais de nosso povo kokama. Assumirei o patriarcado com honra e tenho fé que não irei decepcionar os verdadeiros Kokamas e nem meu maior líder Kokama Francisco Guerra Samias, a qual devo respeito, obediência e gratidão. No momento vamos ouvir a voz do silencio, pois aí estão as vozes de nossos ancestrais. Nós não temos medo da morte, na hora da grande travessia vamos cantar a canção nobre tradicional de nosso povo ao nosso maior líder guerreiro que está voltando para casa.” Depoimento de Edney da Cunha Samias, sobrinho e sucessor de Francisco Guerra Samias.

“O Senhor Francisco Guerra samias, é um exemplo de educação, agradeço pela oportunidade de conhecê-lo pessoalmente e sinto-me honrado de ser escolhido por ele e fazer parte da comissão da diretoria da associação PTKRKTT, aprendi que seu objetivo foi nunca desistir do movimento indígena, dos seus conselhos que eu nunca ouvir do meu próprio pai. Tudo que aprendi com ele vou  levar comigo até o fim da minha vida.” Depoimento do diretor da saúde Reinaldo Vasquez dos Santos.

“Senhor Francisco Guerra Samias,  foi o seu corpo,  mas o  seu espírito sempre estará presente em nossas mentes, ao nosso redor, em nossos corações, ele morrerá no dia em que ninguém mais existir, sempre será um grande líder do nosso povo kokama, com luta, paciência e amor, foi a conquista do nosso maior líder kokama no Brasil, até mesmo com alguns de nossos inimigos e cada luta e cada vitória será sempre lembrada por cada um de nós.” Depoimento da secretária da Associação PTKRKTT Diany Sandoval de Almeida.

“É com muito orgulho e honra de levar em frente o trabalho precioso do nosso querido líder Francisco Guerra Samias, fui escolhida por ele de assumir este compromisso de luta em nome do nosso povo kokama porque o mesmo percebeu que poderia confiar no meu trabalho de tanta angústia de dor, preocupação devido de tantos oportunistas que não honraram as regras de um líder kokama, no momento que  mais precisou de pessoas de boa índole com espírito de guerreiro verdadeiros kokamas, com certeza cheguei no momento certo nas mãos do meu líder, levando também em nome da comissão, porque não há falsidade, desonra e perversidade e sim respeito, união e honra; que percorre no nosso sangue a dignidade, Com a perseverança do trabalho árduo enfrentando conflitos, com muita sabedoria e coragem aprendi vários conhecimentos culturais de nossos costumes ancestrais, só tenho `a agradecer  a bênção e a confiança do meu líder que tanto almejava a nossa casa cultural no município de Tabatinga, os nossos livros didáticos sempre preocupado com a nova geração futuras, para aprender de forma avançada a nossa língua materna, tantos sonhos, projetos com a  unificação do nosso povo kokama ,ele sempre estará vivo ao nosso redor como poder espiritual. Tudo isso, vamos dar continuidade com muito orgulho, dedicação e perseverança  em nome do nosso patriarca Francisco Guerra Samias.” Depoimento da presidente da associação PTKRKTT Glades Rodrigues Ramires(glladys12@hotmail.com).

 

                                          Tabatinga,26 de março de 2015.

Artigo anterior“LISTA SUJA” do trabalho escravo e Ouvidoria do BNDES Próximo artigoNOTA TÉCNICA: PROF. PERY TEIXEIRA; “Projeto de Reconhecimento Sociodemográfico da População Indígena da Cidade de Tabatinga - AM”